Expectativa aumenta a poucos dias do início do projeto

Membros do CCC em reunião no Centro Ambiental Afonso Schmidt

Membros do CCC em reunião no Centro Ambiental Afonso Schmidt

Por Renato Silvestre

 

A preparação para o projeto Voluntários do Rio entra em sua reta final, e para aparar as últimas arestas do evento inicial, o Canoaço, o Conselho Comunitário Consultivo Carbocloro se reuniu de maneira extraordinário, na última segunda-feira (31/08), no Centro Ambiental Afonso Schmidt.

Detalhes técnicos, o funcionamento do evento e o andamento das ações preparatórias foram discutidos entre os membros do CCC em clima de expectativa e crescente ansiedade. “Estamos ansiosos para ver o projeto realizado, pois é algo novo e diferente. Quando fizemos a visita técnica (realizada em novembro de 2008) fiquei surpreso, pois foi a primeira vez que vi o rio de dentro para fora. Só assim, pode-se criar uma consciência maior sobre o problema”, revelou Valdenor dos Santos Dias, professor de educação física e membro do Conselho.  

Quem também acredita que a visão de dentro rio pode ajudar a conscientizar é Priscilla de Andrade Batista, estudante de oceanografia e uma das mais novas integrantes do CCC. “A partir do momento que as pessoas presenciam os animais convivendo junto com o lixo que é gerado por todos nós, elas tendem a ficar chocadas e se sensibilizar”, avaliou.

Já para Wellington Pinheiro dos Santos Silva, instrutor de canoagem e, também, conselheiro, a perspectiva é de conseguir levar a consciência ambiental ao maior número de pessoas. “Acredito que o importante será expor o estado que se encontra o manguezal, intensificando a conscientização e mostrando o quanto esse ecossistema está sendo agredido com o depósito diário de lixo da região”, afirmou.

Teodoro Pavão, Gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Carbocloro também revelou estar ansioso pela efetivação das primeiras ações do Voluntários do Rio. “Estamos ansiosos e planejando para que tudo de certo. Nosso objetivo é mostrar para a população que podemos melhorar o meio ambiente, não só coletando o lixo que está no rio, como também, evitando sujá-lo”, disse.

 

O Canoaço 

O Canoaço, que será realizado no domingo, 13 de setembro, reunirá cerca de 250 pessoas, entre autoridades, imprensa e moradores de Cubatão. Todos os participantes poderão ver de perto o atual quadro dos rios Casqueiro, Cascalho e Cubatão, além de comprovar o impacto do lixo na vida do mangue. “O Canoaço mostrará para as pessoas que lugar de rio é lugar de vida, é lugar de peixe e não de lixo”, afirmou Rolando Roebbelen, coordenador do projeto.

 

Quem quiser ter mais informações sobre como participar do Canoaço pode entrar em contato com o Rolando, através dos telefones: (13) 3361-3400 ou (13) 9611-2506. 

Acessem, comentem, questione e repliquem.   

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, notícia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s