Arquivo da tag: mangues

Para fechar, a redação vencedora na U.M.E. Padre José de Anchieta!

Encerrando a série de postagens com as redações vencedoras do concurso familar, realizado nas cinco escolas que participaram do projeto Voluntários do rio, hoje é dia de dar destaque a U.M.E. Padre José de Anchieta. Nessa escola,  a aluna vencedora foi Maria Eduarda Costa Souza, que contou com a colaboração de sua tia, Juliana Lúcia Sampaio Forte, e teve a professora Maria José Lopes como a responsável pelo trabalho: 

Os canoístas marcaram presença no evento de encerramento do projeto

“Preservar os rios e mangues é necessário para a nossa própria sobrevivência. Não podemos responsabilizar só um grupo de pessoas, mas deve ser uma atitude de cada um.

Cada pessoa deve fazer a sua parte, como:

– Não jogar seus lixos domésticos nas encostas dos rios e mangues, sabendo que os lixos não somem, eles permanecem por muitos anos.

– Participar de campanhas nas suas cidades, com as famílias unidas nesse propósito, tendo consciência que é preciso preservar o meio ambiente, pois dependemos dos recursos naturais para sobreviver.

Não devemos pensar só no presente, mas sim, em atitudes corretas. Podemos deixar um mundo melhor e mais limpo para a nossa geração!

Direto e reto. Bela redação, com objetividade e firmeza nas colocações.

Continuem acessando, comentando e divulgando esse espaço para os seus contatos.

Em breve, mais atualizações! O projeto foi encerrado por enquanto, mas o blog permanece!

Até…

Deixe um comentário

Arquivado em Dados do projeto, opinião

Mais uma do concurso de redação…

Hoje, o espaço é para a redação vencedora na U.M.E. João Ramalho, da aluna Beatriz Pereira Braga que contou com a colaboração de seus pais, Roberto Marcio Braga e Valquiria Alves Pereira, e teve a professora Ana Maria como responsável pelo trabalho:

Beatriz com sua família durante passeio de barco, no encerramento do projeto, em 29 de novembro

“Muita gente não sabe, mas Cubatão é uma cidade linda. Não tem praias, mas tem rios e mangues que merecem toda a nossa proteção. Infelizmente, algumas pessoas não percebem que sujando esses lugares estão provocando a destruição do meio ambiente. É preciso conservá-lo.

Para ajudar a preservar os rios e mangues de nossa querida Cubatão é necessário que a comunidade se conscientize de que eles são importantes para todos.

Quando o povo entender que nosso ecossistema local precisa de ajuda para não ser degradado, conseguiremos evitar tanta sujeira que se acumula nas margens dos rios e mangues de nossa cidade pela ação humana.

Nossa proposta é fazer com que os moradores do município passem a demonstrar cuidado com a natureza e se comprometam a preservar o manguezal.

Uma boa idéia é levar os alunos da rede pública a conhecerem os rios e mangues da cidade, para que desde pequenos, entendam que é feio destruir a natureza. É preciso, também, mobilizar a população em geral em prol desta causa ambiental de suma importância para o nosso município e o nosso país.

É uma oportunidade que temos para desenvolver diversas atividades juntos aos moradores das áreas próximas aos rios e mangues, orientando-os a cuidar dos mangues em favor da natureza.

Com a limpeza dos rios e mangues de nossa cidade através de um programa de conscientização e trabalho, isso será incentivo ao desenvolvimento do turismo ambiental.”     

Está aí, boas propostas e muita vontade de ver um meio ambiente melhor.

Continuem acessando, divulgando e comentando!!!

Em breve, as redações vencedoras nas outras três escolas.

Até a próxima.

Deixe um comentário

Arquivado em Dados do projeto, opinião

Voluntários do Rio em sua reta final

Comissão avalia redações dos alunos cubatenses

Por Renato Silvestre

Após quase três meses de árduo trabalho, principalmente, de conscientização e educação ambiental voltada às crianças da rede municipal de ensino de Cubatão, o projeto Voluntários do Rio terá seu encerramento no próximo domingo, 29 de novembro, às 08h30.

O cenário para a divulgação dos vencedores do concurso de redação de cada escola participante será, mais uma vez, o Centro Ambiental Afonso Schmidt. Após a premiação dos alunos, haverá um passeio de barco pelos rios da cidade.

Próximas ações

As melhores redações foram escolhidas por uma comissão formada por membros do CCC e colaboradores da Carbocloro. Paralelamente, foram realizadas atividades lúdicas com as crianças, como o jogo Voluntários do Rio, desenvolvido em uma grande lona, onde os estudantes se tornaram as peças dessa brincadeira, que divertiu e instruiu ao mesmo tempo.

Durante toda essa semana, o CCC e a Carbocloro promovem ainda a coleta de lixo nos rios e mangues da cidade. Após o encerramento do Voluntários do Rio será desenvolvido um relatório com todos os resultados obtidos, além disso está em andamento a produção de mais uma edição do informativo CCC em Ação, que trará cobertura completa do projeto.

O Voluntários do Rio vai encerrando suas atividades esse ano, mas há promessa de muitas outras ações em breve. O importante é conscientização, que a pequena semente plantada pelo CCC e Carbocloro gere frutos e tenhamos um futuro muito mais limpo e saudável nos rios, mangues e comunidades cubatenses.

Em breve a divulgação das redações vencedoras, a cobertura do encerramento do projeto e um apanhado geral dos resultados obtidos.

 Continuem acessando, divulgando e comentando!

1 comentário

Arquivado em Dados do projeto, notícia

Voluntários do Rio na mídia

Para quem não leu, ou quer ler novamente, segue a íntegra da matéria publicada na edição de ontem do caderno da Indústria do jornal A Tribuna:

Secretários municipais e representantes do CCC Carbocloro

Secretários municipais e representantes do CCC Carbocloro

Carbocloro vai realizar canoaço para limpar três rios de Cubatão

E-4
Indústria
A TRIBUNA Sexta-feira 31 julho de 2009 

www.atribuna.com.br

MANUEL ALVES FERNANDES

DA REDAÇÃO

 
O Conselho Comunitário Consultivo da Carbocloro promoverá um canoaço com apoio da comunidade para limpar os mangues dos rios Cubatão, Cascalho e Casqueiro, dia 13 de setembro, com partida do píer próximo ao Conjunto Afonso Schmidt. O passeio de barcos segue até a Vila dos Pescadores como parte do Programa Voluntários do Rio envolvendo 800 crianças de cinco escolas municipais de ensino fundamental em Cubatão com o objetivo de despertar hábitos de preservação ambiental. O programa é uma iniciativa da Carbocloro em parceria com a Prefeitura de Cubatão.

Os organizadores pretendem sensibilizar as entidades do Município para apoiar o programa que tem como slogan Voluntários do Rio, eu mergulho nessa idéia. E a idéia “é promover a limpeza desses rios através da retirada do lixo depositado em suas margens e superfícies e conscientizar a população sobre o descarte adequado do lixo, visando à preservação dos rios e de seus ecossistemas”, explica Teodoro Pavão, gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Carbocloro e membro do Conselho Consultivo.

A limpeza dos rios e a campanha educativa beneficiam toda a comunidade. E o projeto também tem como propósito estimular o turismo náutico em Cubatão.

RELAÇÃO COM O RIO

A Carbocloro desenvolve, há 11 anos, um projeto para a instalação de uma hidrovia no Rio Cubatão, retomando uma prática secular no Município que, no passado, utilizou com sucesso esse sistema de transporte fluvial.

O uso dos rios de Cubatão paraa prática de esportes náuticos esteve em voga até meados desta década, tendo sido retomada no final dos anos 1990, depois que a Cetesb garantiu que a recuperação ambiental das águas dos rios locais havia sido atendida com sucesso.

O convite às visitas turísticas foi desencadeado com a descoberta do retorno do guará-vermelho, ave que se tornou símbolo da cidade, à região dos mangues das margens desses rios, atestando o sucesso do programa de recuperação ambiental. Alunos das Unidades Municipais de Ensino (UMEs) Padre Manoel da Nóbrega, Padre Antonio Olivieri, João Ramalho, Rui Barbosa e Padre José de Anchieta participarão da segunda fase do programa de atividades, que se realizará de setembro a novembro, com o propósito de conscientização ambiental das crianças e familiares.

Haverá apresentações da peça Quase no Quintal de Casa, com distribuição de cartilha educativa e participação em jogos lúdicos, e oficinas de reciclagem e concurso familiar, com premiação dos melhores trabalhos.
 

TRANSFORMAR E RECUPERAR

“Queremos mostrar que é pos- sível transformar nossos rios e recuperá-los”, explica o ambientalista e fotógrafo Rolando Roebbelen, membro do conselho e idealizador do canoaço. “Queremos transformar esse evento num grande trabalho conjunto para recuperar o que está comprometido, preservar o que sobrou e transformar o entorno do rio num grande parque dos manguezais”.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Vanderlei Oliveira, a Prefeitura de Cubatão dará total apoio à iniciativa, que além da preservação do meio ambiente enfatiza a atividade turística, um dos objetivos da administração da prefeita Marcia Rosa.

“Temos áreas maravilhosas para serem exploradas e vamos conseguir transformar nossa cidade em estância turística”, disse Oliveira. Sob o ponto de vista educacional, a campanha também ganhou o apoio do secretário municipal de Educação, Fábio Oliveira Inácio. “Devemos investir em ações de limpeza dentro das escolas porque esses atos mexem também com a consciência dos adultos”. O programa foi anunciado em ato que contou com a presença do presidente da empresa, Mario Cilento.

1 comentário

Arquivado em artigos

Eu mergulho nesta idéia

Moradias irregulares em palafitas na região

Moradias irregulares em palafitas na região

Por Renato Silvestre

Agora está decretado: É chegada a hora de arregaçar as mangas e ir ao trabalho de vez!

 

Hoje, o Conselho Comunitário Consultivo da Carbocloro (CCC) se reuniu de maneira extraordinária para apresentar o escopo do projeto Voluntários do Rio para a administração municipal, que esteve presente representada pelos senhores secretários Fábio de Oliveira Inácio (Educação), José Agnaldo Beghini de Carvalho (Finanças) e Vanderlei Oliveira (Meio Ambiente). A reunião contou ainda com a presença do presidente da Carbocloro, o engenheiro Mario Cilento.

Após apresentação realizada pelo Gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da empresa, Teodoro Pavão, os secretários municipais de educação e meio ambiente se pronunciaram sobre o que viram e se mostraram favoráveis ao projeto, relembrando o histórico da cidade de Cubatão e sua recuperação ambiental – processo este, que deve ser contínuo.

No final da reunião o presidente da Carbocloro fez questão de frisar a importância do projeto e se mostrou empolgado com o momento. “O importante é termos cada vez mais voluntários do rio e não, como no passado, vítimas do mesmo”, afirmou.

O projeto Voluntários do Rio vai agora atrás de novos parceiros e em busca da realização do evento que será o marco inicial do projeto, o Canoaço. É um sonho tornando-se realidade, e a até então utópica imagem do meio ambiente de Cubatão totalmente recuperado tornando-se palpável.

É de conhecimento de todos que o jogo é duro, e é por isso que o CCC precisa contar com os três pilares da sociedade, a iniciativa privada, o poder público e a comunidade. Somente juntos faremos dos rios e mangues de Cubatão um lugar turístico, sustentável e antes de qualquer coisa, um grande exemplo de respeito ao meio ambiente e saúde pública.

O desafio está lançado. Cada um deve fazer a sua parte para que no final possamos mergulhar de cabeça em uma cidade melhor.

Em breve novas informações sobre o andamento do projeto começarão a ser disponibilizadas. Acessem o blog, comentem e repliquem.

4 Comentários

Arquivado em artigos