Arquivo do mês: fevereiro 2010

O problema ao descartar eletrodomésticos

Matéria do SBT Brasil, de 2 de outubro de 2009, que mostra claramente a dificuldade e/ou falta de interessante em dar uma melhor destinação aos eletrodomésticos sucateados. Dá para perceber que ninguém sabe ao certo, ou faz de conta que não sabe, o que fazer com estes aparelhos.

Por enquanto, é isso.
Continuem acessando e divulgando esse espaço. Comentem e questionem à vontade!
Até breve.

Deixe um comentário

Arquivado em notícia

Belo discurso na ECO 92

Severn Suzuki, uma menina de apenas 12 anos, representante da Organização das Crianças em Defesa do Meio Ambiente, durante a ECO 92 – Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento -, realizada em 1992, no Rio de Janeiro, parou os diversos líderes mundiais presentes para fazer um apelo em favor da preservação do planeta. Infelizmente, tudo o que foi falado por ela ainda é muito atual, e até por isso vale rever os sonhos e a indignação dessa criança retratados em seu discurso.

Continuem acessando e divulgando esse espaço.
Comentem e questionem à vontade!
Até a apróxima

Deixe um comentário

Arquivado em notícia, opinião

Brasil é emergente que mais produz lixo eletrônico, diz ONU

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010, 10:02
AE – Agencia Estado
http://www.estadao.com.br/noticias/geral,brasil-e-emergente-que-mais-produz-lixo-eletronico-diz-onu,514908,0.htm

SÃO PAULO – O Brasil é o mercado emergente que produz o maior volume de lixo eletrônico por pessoa a cada ano. O alerta é da Organização das Nações Unidas (ONU), que ontem lançou seu primeiro relatório sobre o tema. O estudo advertiu que o Brasil não tem estratégia para lidar com o fenômeno e que o tema sequer é prioridade para a indústria. O País é também a nação emergente que mais toneladas de geladeiras abandona a cada ano por pessoa e um dos líderes em descarte de celulares, TVs e impressoras.

O estudo foi realizado pelo Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma) após a constatação de que o crescimento econômico dos países emergentes levou a um maior consumo doméstico, com uma classe média cada vez mais forte e estabilidade econômica para garantir empréstimos para a compra de eletroeletrônicos. Mas, junto com isso, veio a produção sem precedentes de lixo.

A estimativa é de que, no mundo, 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico são produzidas por ano. Grande parte certamente ocorre nos países ricos. Só a Europa seria responsável por um quarto desse lixo. Mas a ONU alerta agora para a explosão do fenômeno nos emergentes e a falta de capacidade para lidar com esse material, muitas vezes perigoso.

Por ano, o Brasil abandona 96,8 mil toneladas de computadores. O volume só é inferior ao da China, com 300 mil toneladas. Mas, per capita, o Brasil é o líder. Por ano, cada brasileiro joga fora o equivalente a 0,5 quilo desse lixo eletrônico. Na China, com uma população bem maior, a taxa per capita é de 0,23 quilo, contra 0,1 quilo na Índia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

1 comentário

Arquivado em notícia

Saiba mais sobre as garrafas PET

O Brasil está entre os maiores consumidores de garrafas pet do mundo. O material é resistente, barato e por isso ganha novos mercados a cada dia. O problema é que apenas uma pequena parte é reciclada, o que contribui para aumentar os riscos ao meio ambiente.
Confira mais nessa matéria veiculada pelo programa Momento Ambiental, realizado pelo Centro de Produção da Justiça Federal (CPJUS).

Por enquanto é só.
Continuem acessando e divulgando esse espaço. Comentem e critiquem à vontade.

Até a próxima.

Deixe um comentário

Arquivado em notícia

Lixo nas ruas brasileiras

Segue mais um ótimo vídeo sobre a ausência quase total de educação e de consciência ambiental das populações de grandes cidades do Brasil. Boa matéria do Fantástico de 17 de janeiro de 2010, com ranking das capitais mais sujas do país.

Continuem acessando, divulgando e comentando esse espaço.
Até a próxima.

Deixe um comentário

Arquivado em notícia

Exposição destaca histórico ambiental de Cubatão

http://www.cubatao.sp.gov.br/publico/index.php?option=com_content&view=article&id=2011:exposicao-destaca-historico-ambiental-de-cubatao&catid=10:noticias-da-cidade&Itemid=50
Texto: Melchior de Castro Junior
Postado por Departamento de Imprensa
Qui, 11 de Fevereiro de 2010 17:47
Estrutura itinerante passará por sete bairros

Uma estrutura de nove metros quadrados, em forma de caixa, promete chamar a atenção em sete pontos de Cubatão a partir da próxima quinta-feira (19). Trata-se da instalação da exposição itinerante Estudo Ambiental do Cepema-USP sobre a Qualidade do Ar em Cubatão.

Além de promover um resgate da história ambiental e industrial da Cidade, a iniciativa celebra os novos avanços conquistados por meio de estudos promovidos na região. Com base de alumínio e paredes de lona acrílica, a estrutura apresenta dados impressos relativos à história e às pesquisas desenvolvidas pelo Centro de pesquisas e Capacitação em Meio Ambiente da Universidade de São Paulo (Cepema). A unidade foi instalada em Cubatão em 2006 por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Petrobrás e a comunidade. Desde a sua fundação, o centro reúne pesquisadores que realizam estudos voltados à busca de soluções para problemas ambientais.

Um estudo ambiental recente se relaciona à implantação da Usina Termelétrica Euzébio Rocha, da Petrobrás, na Refinaria Presidente Bernardes. O estudo ambiental é direcionado a áreas específicas, tais como dispersão de poluentes, reatividade fotoquímica de emissões atmosféricas, biomonitoramento com plantas, estudo da saúde, implantação de equipamentos para monitoração da qualidade do ar e implementação de projetos de educação ambiental e comunicação, todos representados na mostra.

Dois bolsistas atuarão como monitores da exposição, das 9 às 17 horas. A Prefeitura participa da iniciativa garantindo a logística e a segurança do equipamento, numa parceria do Cepema com as secretarias de Cultura e de Ação de Governo.

De acordo com os organizadores, a exposição pretende não só divulgar os estudos realizados pelo Cepema-USP, mas também integrar a comunidade com os temas ambientais, incentivando o interesse e a participação popular. Quem acompanhar a exposição poderá formular questões através de cupons. As respostas serão publicadas no site da instituição (www.cepema.usp.br).

A abertura ocorre sexta-feira, dia 19, às 11 horas, na esplanada do Paço Municipal. As visitas podem ser realizadas até 1º de abril. Confira a programação: de 19 a 25 de fevereiro, Paço Municipal; de 27 de fevereiro a 4 de março, Praça Independência, Jardim Casqueiro; de 6 a 11 de março, Bolsão 8, entrada do bairro; de 13 a 18 de março, Praça do Crevin; de 20 a 25 março, Fabril, Rua da Farmácia; e de 27 de março a 1º de abril, Vila São José, em frente ao Pamos.

Deixe um comentário

Arquivado em notícia

Lixo provoca alagamentos em grandes cidades

Por Renato Silvestre

Além de poluir o meio ambiente, o lixo quando descartado de forma irregular volta de forma devastadora, colaborando para o aumento de áreas com alagamentos em grandes centros urbanos e proliferando doenças.
Confiram esse vídeo exibido pelo Fantástico de 7 de fevereiro desse ano:

Por enquanto é isso.
Bom carnaval!
Continuem acessando, divulgando e comentando.
Até breve.

Deixe um comentário

Arquivado em notícia