Arquivo do mês: setembro 2009

Confira imagens da peça “Quase no quintal de casa”!

“Fui no mangue catar lixo, pegar caranguejo e conversar com urubu”. A consciência do poeta e músico Chico Science com a preservação da cultura e do meio ambiente de sua terra natal foi a marca principal de sua carreira. Mudam os tempos, a época e o local, mas o pensamento deve permanecer o mesmo: preservar a cultura, a história e o meio ambiente é dever de cada um. Somente dessa maneira a vida humana será, também, preservada. 

Continuem acessando!

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, Dados do projeto, opinião

“Quase no quintal de casa” é bem avaliada ao final da semana de apresentações

Crianças assistiram atentamente as apresentações

Crianças assistiram atentamente as apresentações

Por Renato Silvestre

 

Ao som da banda Chico Science & Nação Zumbi – famosa por ter sido a precursora do Movimento Manguebit, que buscava popularizar a cultura regional pernambucana, mesclando essa a elementos da cultura pop mundial, no início dos anos 90 –, é dessa maneira que a peça “Quase no quintal de casa” se inicia.

Com perfil jovem e animado, o espetáculo teatral conta a história do caranguejo Caco, da guará Gilda, do mão pelada Luva e do garoto Naldo, que vivem paralelos intrigantes. Enquanto os animais buscam uma solução para melhorar o ambiente que vivem, Naldo precisa fazer um trabalho escolar sobre o mangue e os rios da cidade onde mora.

Os caminhos deles se cruzam quando os animais indignados resolvem entrar em contato com o menino, conscientizá-lo, e usá-lo como forma de propagação de uma busca coletiva pela melhoria daquele ecossistema. A história ainda traz a mãe e a namorada de Naldo, que dão um toque especial de humor ao espetáculo.

Buscando interação contínua com os espectadores, a peça, que foi levada a cerca de 800 alunos da 4ª série da rede municipal de ensino de Cubatão ao longo dessa última semana, teve um ótimo resultado, ao menos é o que garante o coordenador do Projeto Voluntários do Rio, o ambientalista, fotógrafo e membro do Conselho Comunitário Consultivo Carbocloro, Rolando Roebbelen. “Foi maravilhoso! Dá pra gente perceber exatamente o quanto é importante a educação. A garotada entendeu o recado, eles mostraram que gostam de teatro e entenderam, também, que é preciso limpar os manguezais e limpar a cidade como um todo”, analisou.

Para Roebbelen, as crianças poderão ajudar na conscientização dos pais e amigos. “Crianças dessa idade são extremamente receptivas, conseguem assimilar perfeitamente o recado, e dar sequência a idéia, que é o que, na realidade, o Voluntários do Rio pretende. Queremos que as crianças levem pra suas casas essa mensagem e que dividam com as suas famílias”, disse.

Para a aluna da 4ª série do ensino fundamental na U.M.E. Padre José de Anchieta, Taís Nogueira, 11 anos, a peça conseguiu levar uma mensagem positiva. “Achei muito legal a peça. Falou sobre o meio ambiente e a gente já está estudando muito sobre isso. Aprendi e nunca mais vou jogar lixo na rua”, afirmou.

Lucimere Cordeiro Magalhães, coordenadora pedagógica da escola, que recebeu a peça nessa sexta-feira (25/09), se mostrou contente e disse, também, acreditar no poder das crianças para a mudança de comportamento dos pais. “Eu fiquei super contente em receber o Voluntários do Rio, porque falar de meio ambiente é algo que está dentro do projeto da escola. As crianças são multiplicadores, o que eles aprendem na escola levam pra casa e passam para os pais. Com a situação que está hoje nos mangues, rios e praias, é nossa responsabilidade de mudar e é somente com a educação que se pode e se vai mudar”, finalizou.

 

Mais imagens da peça na próxima atualização.

Continuem acessando, comentando e divulgando esse espaço!

2 Comentários

Arquivado em Dados do projeto, notícia

Mangue limpo pode impulsionar turismo em Cubatão

Ex-secretário de meio ambiente de Cubatão, Daniel Losada, que também é membro do CCC e empresário da área do turismo náutico, fala sobre o impacto do lixo no mangue e os aspectos negativos que causa no turismo da cidade.

 
Continuem acessando e divulgando esse espaço. Na próxima atualização mais detalhes e fotos da peça “Quase no quintal de casa”.

Até!

Deixe um comentário

Arquivado em Dados do projeto, opinião

Confira as primeiras imagens da peça “Quase no quintal de casa”!

Vejam as primeiras imagens  da peça “Quase no quintal de casa”, ques está sendo encenada durante esta semana em cinco escolas da rede municipal de ensino de Cubatão (Click nas fotos abaixo para ampliar). 

Continuem acessando e divulguem!

Deixe um comentário

Arquivado em Dados do projeto, notícia

Voluntários do Rio leva apresentações teatrais às escolas de Cubatão

Conscientização das crianças que vivem próximas aos rios da cidade é fator primordial

Conscientização das crianças que vivem próximas aos rios da cidade é fator primordial

Por Renato Silvestre

 

Após o sucesso do evento inicial do Voluntários do Rio, o Canoaço, o projeto avança em direção a conscientização e educação ambiental das crianças da cidade.

Teve iniciou segunda-feira (21/09) e vai até sexta-feira (25/09), uma série de apresentações teatrais em cinco escolas de Cubatão. A peça “Quase no quintal de casa”, montada especialmente para o projeto, discute a importância de cada indivíduo na preservação e manutenção do meio ambiente.

Na segunda-feira, a peça foi apresentada aos alunos da U.M.E. João Ramalho, na terça-feira quem pode assistir o espetáculo teatral foram os alunos da U.M.E. Padre Antonio Olivieri. Nesta quarta-feira, a peça será apresentada na U.M.E. Antonio Ortega Domingues, às 15h30, amanhã, o Voluntários do Rio estará na U.M.E. Rui Barbosa em dois horários, às 10h e 16h.

A semana de apresentações é encerrada na sexta-feira, quando os estudantes da U.M.E. Padre José de Anchieta poderão assistir a apresentação pela manhã, às 10h30 e a tarde às 13h30.

No total cerca de 800 crianças da 4ª série da rede municipal de ensino deverão, não apenas, assistir a apresentação, como também estarem envolvidas nas próximas atividades do projeto, como a participação em oficinas de reciclagem e em um concurso de redações.

 

Todos os membros do CCC estão convidados a participar.

Em breve, novidades sobre o cronograma de atividades do projeto.

Não percam!    

Deixe um comentário

Arquivado em Dados do projeto, notícia

A voz do idealizador do Voluntários do Rio

Coordenador do projeto Voluntários do Rio e ambientalista, Rolando Roebbelen, fala sobre seu sonho e perspectivas para o futuro do manguezal em Cubatão.

Deixe um comentário

Arquivado em opinião

Confira imagens do Canoaço!

Além do horizonte das cidades de concreto há lugares bonitos e tranquilos para todos amarem e cuidarem. O verde permanecerá verde se soubermos olhar além de nossos próprios narizes. Vamos todos mergulhar nessa idéia. Um mundo melhor começa aqui em nossa cidade, com o meio ambiente mais limpo, vivo e respeitado.

Em breve novidades sobre as próximas ações do projeto Voluntários do Rio. Continuem acompanhando!

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, opinião