Arquivo da tag: Rolando Roebbelen

Idealizador do Voluntários do rio faz balanço do projeto

Rolando Roebbelen, ambientalista, jornalista, membro do Conselho Comunitário Consultivo Carbocloro e idealizador do projeto Voluntários do rio faz balanço dos três meses de trabalho e projeta novidades para 2010.

Continuem acessando, comentando e divulgando esse espaço.

Em breve, confira na íntegra as redações vencedoras do concurso familiar realizado com os alunos das escolas municipais. Boa oportunidade para saber o que as crianças da cidade pensam sobre a preservação e o futuro do nosso meio ambiente

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, Dados do projeto, opinião

“Quase no quintal de casa” é bem avaliada ao final da semana de apresentações

Crianças assistiram atentamente as apresentações

Crianças assistiram atentamente as apresentações

Por Renato Silvestre

 

Ao som da banda Chico Science & Nação Zumbi – famosa por ter sido a precursora do Movimento Manguebit, que buscava popularizar a cultura regional pernambucana, mesclando essa a elementos da cultura pop mundial, no início dos anos 90 –, é dessa maneira que a peça “Quase no quintal de casa” se inicia.

Com perfil jovem e animado, o espetáculo teatral conta a história do caranguejo Caco, da guará Gilda, do mão pelada Luva e do garoto Naldo, que vivem paralelos intrigantes. Enquanto os animais buscam uma solução para melhorar o ambiente que vivem, Naldo precisa fazer um trabalho escolar sobre o mangue e os rios da cidade onde mora.

Os caminhos deles se cruzam quando os animais indignados resolvem entrar em contato com o menino, conscientizá-lo, e usá-lo como forma de propagação de uma busca coletiva pela melhoria daquele ecossistema. A história ainda traz a mãe e a namorada de Naldo, que dão um toque especial de humor ao espetáculo.

Buscando interação contínua com os espectadores, a peça, que foi levada a cerca de 800 alunos da 4ª série da rede municipal de ensino de Cubatão ao longo dessa última semana, teve um ótimo resultado, ao menos é o que garante o coordenador do Projeto Voluntários do Rio, o ambientalista, fotógrafo e membro do Conselho Comunitário Consultivo Carbocloro, Rolando Roebbelen. “Foi maravilhoso! Dá pra gente perceber exatamente o quanto é importante a educação. A garotada entendeu o recado, eles mostraram que gostam de teatro e entenderam, também, que é preciso limpar os manguezais e limpar a cidade como um todo”, analisou.

Para Roebbelen, as crianças poderão ajudar na conscientização dos pais e amigos. “Crianças dessa idade são extremamente receptivas, conseguem assimilar perfeitamente o recado, e dar sequência a idéia, que é o que, na realidade, o Voluntários do Rio pretende. Queremos que as crianças levem pra suas casas essa mensagem e que dividam com as suas famílias”, disse.

Para a aluna da 4ª série do ensino fundamental na U.M.E. Padre José de Anchieta, Taís Nogueira, 11 anos, a peça conseguiu levar uma mensagem positiva. “Achei muito legal a peça. Falou sobre o meio ambiente e a gente já está estudando muito sobre isso. Aprendi e nunca mais vou jogar lixo na rua”, afirmou.

Lucimere Cordeiro Magalhães, coordenadora pedagógica da escola, que recebeu a peça nessa sexta-feira (25/09), se mostrou contente e disse, também, acreditar no poder das crianças para a mudança de comportamento dos pais. “Eu fiquei super contente em receber o Voluntários do Rio, porque falar de meio ambiente é algo que está dentro do projeto da escola. As crianças são multiplicadores, o que eles aprendem na escola levam pra casa e passam para os pais. Com a situação que está hoje nos mangues, rios e praias, é nossa responsabilidade de mudar e é somente com a educação que se pode e se vai mudar”, finalizou.

 

Mais imagens da peça na próxima atualização.

Continuem acessando, comentando e divulgando esse espaço!

2 Comentários

Arquivado em Dados do projeto, notícia

A voz do idealizador do Voluntários do Rio

Coordenador do projeto Voluntários do Rio e ambientalista, Rolando Roebbelen, fala sobre seu sonho e perspectivas para o futuro do manguezal em Cubatão.

Deixe um comentário

Arquivado em opinião

Participe do Canoaço!

004473_estudo_logo2Os interessados em participar do Canoaço, que se realizará no próximo domingo, 13 de setembro, ainda podem adquirir seus convites. Há vagas na embarcação da AEC (Associação Ecológica de Cubatão). O convite custa R$ 30 e inclui café da manhã, camiseta e o passeio monitorado pelo manguezal de Cubatão.

“Além de uma manhã agradável, conhecendo o que se pode chamar de o Pantanal Cubatense, com sua diversidade enorme de aves, ainda estaremos diretamente intervindo pela proteção do ecossistema e pela criação do Parque do Guará Vermelho”, lembra Rolando Roebbelen, coordenador do projeto Voluntários do Rio.

Para adquirir os convites, entre em contato com o Rolando, através dos telefones (13) 3361-3400 ou (13) 9611-2506, ou diretamente na Rua Pedro de Toledo, 500, em Cubatão.

2 Comentários

Arquivado em Dados do projeto, notícia

Voluntários do Rio plantará mudas para reflorestamento do mangue

Membros do CCC em plantio de propágulos em área de mangue em Cubatão

Membros do CCC em plantio de propágulos em área de mangue em Cubatão

Por Renato Silvestre

Uma das principais ações que acontecerá durante o Canoaço, a ser realizado no próximo domingo, dia 13 de setembro, será o plantio de propágulos de rizoforas – mudas de plantas típicas da região de mangue. Este trabalho será feito voluntariamente por canoístas da Baixada Santista, coordenados por Wellington Pinheiro dos Santos Silva, membro do CCC e instrutor de canoagem.

“Faremos o reflorestamento de áreas que foram diretamente afetadas pelo lixo, além de realizar o trabalho em outras áreas que também sofreram com a ação humana”, afirma Wellington Pinheiro.

Segundo o conselheiro, o trabalho será muito importante, não apenas pelo plantio das mudas, como também pela retirada do lixo. “Nós canoístas, também vamos retirar lixo de algumas áreas do manguezal, até porque, onde será realizado o plantio existe muito lixo. Então, de forma prática daremos nossa contribuição para o meio ambiente e para a conscientização das pessoas”, acredita.

Quem quiser ter mais informações sobre como participar do Canoaço pode entrar em contato com o Rolando, através dos telefones: (13) 3361-3400 ou (13) 9611-2506.

Acessem, comentem, questione e repliquem.

1 comentário

Arquivado em Dados do projeto, notícia

Expectativa aumenta a poucos dias do início do projeto

Membros do CCC em reunião no Centro Ambiental Afonso Schmidt

Membros do CCC em reunião no Centro Ambiental Afonso Schmidt

Por Renato Silvestre

 

A preparação para o projeto Voluntários do Rio entra em sua reta final, e para aparar as últimas arestas do evento inicial, o Canoaço, o Conselho Comunitário Consultivo Carbocloro se reuniu de maneira extraordinário, na última segunda-feira (31/08), no Centro Ambiental Afonso Schmidt.

Detalhes técnicos, o funcionamento do evento e o andamento das ações preparatórias foram discutidos entre os membros do CCC em clima de expectativa e crescente ansiedade. “Estamos ansiosos para ver o projeto realizado, pois é algo novo e diferente. Quando fizemos a visita técnica (realizada em novembro de 2008) fiquei surpreso, pois foi a primeira vez que vi o rio de dentro para fora. Só assim, pode-se criar uma consciência maior sobre o problema”, revelou Valdenor dos Santos Dias, professor de educação física e membro do Conselho.  

Quem também acredita que a visão de dentro rio pode ajudar a conscientizar é Priscilla de Andrade Batista, estudante de oceanografia e uma das mais novas integrantes do CCC. “A partir do momento que as pessoas presenciam os animais convivendo junto com o lixo que é gerado por todos nós, elas tendem a ficar chocadas e se sensibilizar”, avaliou.

Já para Wellington Pinheiro dos Santos Silva, instrutor de canoagem e, também, conselheiro, a perspectiva é de conseguir levar a consciência ambiental ao maior número de pessoas. “Acredito que o importante será expor o estado que se encontra o manguezal, intensificando a conscientização e mostrando o quanto esse ecossistema está sendo agredido com o depósito diário de lixo da região”, afirmou.

Teodoro Pavão, Gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Carbocloro também revelou estar ansioso pela efetivação das primeiras ações do Voluntários do Rio. “Estamos ansiosos e planejando para que tudo de certo. Nosso objetivo é mostrar para a população que podemos melhorar o meio ambiente, não só coletando o lixo que está no rio, como também, evitando sujá-lo”, disse.

 

O Canoaço 

O Canoaço, que será realizado no domingo, 13 de setembro, reunirá cerca de 250 pessoas, entre autoridades, imprensa e moradores de Cubatão. Todos os participantes poderão ver de perto o atual quadro dos rios Casqueiro, Cascalho e Cubatão, além de comprovar o impacto do lixo na vida do mangue. “O Canoaço mostrará para as pessoas que lugar de rio é lugar de vida, é lugar de peixe e não de lixo”, afirmou Rolando Roebbelen, coordenador do projeto.

 

Quem quiser ter mais informações sobre como participar do Canoaço pode entrar em contato com o Rolando, através dos telefones: (13) 3361-3400 ou (13) 9611-2506. 

Acessem, comentem, questione e repliquem.   

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, notícia

Projeto é bem recebido pelos docentes de Cubatão

Rolando Roebbelen apresenta Voluntários do Rio aos professores

Rolando Roebbelen apresenta Voluntários do Rio aos professores

Por Renato Silvestre

 

Apresentado na última terça-feira (11/08) aos professores e diretores das Unidades Municipais de Ensino Antonio Ortega Domingues, Padre Antonio Olivieri, João Ramalho, Rui Barbosa e Padre José de Anchieta – escolas que atendem as crianças e jovens que vivem próximos aos rios e mangues de Cubatão -, o projeto Voluntários do Rio foi aprovado.

Em reuniões realizadas em dois períodos na U.M.E. Padre José de Anchieta, que contaram com a presença também de membros do Conselho Comunitário Consultivo da Carbocloro, os educadores puderam compreender melhor o projeto e o importante papel  que terão na conscientização dos alunos. Todas as atividades e os objetivos buscados pelo projeto foram apresentados pelo idealizador do Voluntários do Rio, o jornalista e ambientalista Rolando Roebbelen.

Segundo Sylvia Vieira, membro do CCC e assessora de comunicação da Carbocloro, essa aproximação com os professores foi um sucesso. “Pude perceber que eles gostaram bastante e ficaram entusiasmados. Senti comprometimento da parte deles para tocar o projeto”, revelou.

Esse é mais um importante passo do CCC Carbocloro em busca de agregar forças para que a realização do Voluntário do Rio possa, sobretudo, conscientizar e educar, pois somente dessa maneira teremos um meio ambiente mais respeitado e, por consequência, sustentável.

 

Nos próximos dias novas reuniões serão feitas e teremos novidades quanto ao Canoaço, que será o marco inicial do Voluntários do Rio.

Fiquem ligados!

Continuem acessando, comentem e dêem sugestões.

Deixe um comentário

Arquivado em artigos, Dados do projeto, opinião